RISCOS E CATÁSTROFES:

(Exclusivos para Professores de Educação Pré-Escolar, Ensinos Básico (1.º, 2.º e 3.º Ciclos), Secundário e de Educação Especial, do Sistema de Ensino Português)
(Circular de Divulgação | Cartaz Geral)
Mais informações sobre o CFPR – Centro de Formação de Professores da RISCOS

Ações Acreditadas pelo CCPFC
Conselho Científico-Pedagógico da Formação Contínua

Cursos de Formação de Atualização: Colóquios, congressos, simpósios, jornadas ou iniciativas congéneres

Curso 1: Reabilitação, recuperação, reconstrução e resiliência após a catástrofe
Carga horário: 15 horas |  código CCPFC: 110460

Curso 3: Ciência e tecnologia na redução do risco: Contributos para a gestão de crises
Carga horário: 15 horas |   código CCPFC: 110462

Curso 2: Metodologia para análise de riscos e para avaliação de catástrofes
Carga horário: 15 horas |   código CCPFC: 110461

Curso 4: Riscos geomorfológicos do NW de Portugal
Carga horário: 15 horas |  código CCPFC: 110463

Curso 5: Processos, vulnerabilidades e riscos. Dos conceitos à sua aplicação na redução do risco
Carga horário: 30 horas |  código CCPFC: 110464

Conteúdos

Nas sociedades atuais, as populações exigem um elevado nível de segurança e bem-estar, assim como a preservação da qualidade do ambiente. Reconhecendo o crescente impacte das crises na sociedade e a sua complexidade em vastas áreas do globo, a redução do risco de catástrofes e a construção de sociedades mais resilientes constituem objetivos do Quadro de Sendai 2015-2030, o qual se articula em torno de quatro prioridades:

  • Aprofundar o conhecimento sobre riscos e manifestações de catástrofes;
  • Fortalecer a análise e gestão do risco e das suas manifestações, as catástrofes;
  • Investir na redução do risco de catástrofes para uma melhor resiliência;
  • Reforçar a componente da preparação para uma resposta mais efetiva.

A articulação com toda a sociedade civil e, em especial, com a comunidade escolar, tanto através da educação, desde os primeiros anos de vida, como da comunicação para a redução dos riscos, constituem importantes e poderosas ferramentas para a promoção de uma cultura de segurança.

A educação e comunicação que estão na base destes cursos são ferramentas essenciais para garantir a sensibilização da população em matéria de autoproteção e, deste modo, promover uma melhor aplicação do princípio da precaução, contribuindo para a adoção de medidas não só preventivas, antes do risco se manifestar, mas também de mitigação das consequências sempre que ele vier a manifestar-se. Além disso, no decurso da catástrofe e na fase de recuperação possibilitam, ainda, validar, partilhar, disseminar e combinar diversas informações, provenientes de várias fontes.

Objetivos

Estes cursos de formação visam sensibilizar os Professores do Pré-Escolar, 1.º Ciclo, 2.º Ciclo, 3.º Ciclo, Ensino Secundário e Educação Especial, para as temática da reabilitação, recuperação, reconstrução e resiliência após a catástrofe designadamente em termos de:

  1. Discutir o contributo da ciência e da tecnologia para o melhor entendimento dos processos antes, durante e depois das catástrofes;
  2. Refletir sobre a terminologia e os conceitos relacionados com as ciências do risco e sua aplicação a estudos de caso de manifestações de risco, gestão de crises e mitigação dos respetivos impactes;
  3. Explorar e discutir diferentes métodos de análise de riscos e de avaliação dos respetivos impactes;
  4. Analisar os riscos associados às mudanças climáticas, numa perspetiva tanto temporal, como espacial;
  5. Fortalecer a resiliência sócio-ambiental através da adequação dos processos de reabilitação, recuperação e reconstrução;
  6. Debater estratégias de comunicação do risco, bem como dinâmicas e práticas educativas e, ainda, outras ações de consciencialização pública.

Formadores

Luciano Lourenço
Professor Catedrático da Universidade de Coimbra
António Avelino Batista Vieira
Professor Auxiliar da Universidade do Minho
João Luís Jesus Fernandes
Professor Auxiliar da Universidade de Coimbra

Adélia de Jesus Nobre Nunes
Professora Associada c/ Agregação da Universidade de Coimbra
Fátima Velez de Castro
Professora Auxiliar da Universidade de Coimbra
Paulo Nossa
Professor Auxiliar da Universidade de Coimbra

Destinatários

Professores dos Grupos de Recrutamento:
100 – Educação Pré-Escolar;
110 – Ensino Básico – 1.º Ciclo;
230 – Matemática e Ciências da Natureza;
420 – Geografia;
520 – Biologia e Geologia;
910, 920 e 930 – Educação Especial

Regime e Frequência

As sessões realizam-se presencialmente, a não ser que sejam impostas medidas de contingência associadas ao contexto de COVID19. Nesse caso, os cursos decorrerão por videoconferência.

Plano dos Cursos

Viagens de 1 dia – O custo, além da inscrição no curso, inclui a reserva de um lugar no autocarro, um exemplar impresso do livro-guia e um almoço (volante) a fornecer pela organização;

Viagem de 2 dias – O custo, além da inscrição no curso, inclui a reserva de um lugar no autocarro, um exemplar impresso do livro-guia, um almoço (volante) e um jantar, no primeiro dia de viagem, bem como alojamento em quarto duplo, pequeno-almoço e almoço do segundo dia, tudo a ser fornecido pela organização.

Inscrição

Formulário de inscrição (descarregar)
(preencha o documento, salve as alterações e envie para riscos@riscos.pt, ao qual deve juntar o comprovativo de pagamento).

Dados pagamento

Nome da Conta: RISCOS | NIF: 506 731 391
IBAN: PT50 0035 0255 0023 5192 8307 9
BIC/SWIFT: CGDIPTPL

Sessões

1. Conferência de abertura: “As TIC’s no apoio à gestão operacional do risco” (12/10)
Orador: Licenciado Alexandre Penha, Adjunto de Operações Nacional da Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil;

2. Sessões temáticas e de Poster (de 13, 14 e 15/10)
Oradores: Diversos participantes nacionais e estrangeiros, desde alunos de mestrado ou de doutoramento a professores, investigadores e técnicos de proteção civil;

3. Mesa-redonda: ”Agir hoje para proteger o amanhã – DRMKC” (13/10)
Oradores: Reputados especialistas da Comissão Europeia do Disaster Risk Management Knowledge Centre,  coordenado pela Doutora Montserrat Marin Ferrer;

4. Mesa-redonda: “Adaptação das operações de proteção e socorro às oscilações climáticas” (14/10)
Orador principal: Prof. Doutor Jorge Olcina Cantos, Catedrático da Univ. de Alicante, com a participação de especialistas da: ANEPC, ICNF e a GNR;

5. Conferência de encerramento: “Todos somos agentes de proteção civil, mas uns mais do que os outros” (15/10)
Orador:
Jornalista Celso Paiva Sol, da Rádio Renascença, que acompanha habitualmente as áreas da segurança e da proteção e socorro.

Avaliação

Cada um dos cursos realiza-se por avaliação contínua, tendo em conta as seguintes modalidades:

  1. Assiduidade e participação nos vários momentos dos cursos de formação (1,5/10 valores);
  2. Realização de “Relatório” sobre os conteúdos do curso de formação (8,5/10):
  • Utilização adequada de terminologia científica (4/10);
  • Capacidade crítica e argumentativa (3/10);
  • Organização e estética (1,5/10).